Saturday, April 5, 2008

Dez anos...



Hoje faz 10 anos que meu pai seguiu sua Grande Viagem, dez anos que voaram, que passaram tão rápido que ás vezes nem acredito que seja verdade.

Meu pai não foi um homem rico, não foi nenhum professor, não foi nenhum inventor, nenhum escritor...mas ele nos deixou uma riqueza em sabedoria, uma riqueza em conhecimentos...e principalmente muita saudade....ah....quanta saudade.

Lembro-me que quando criança... esperava-o toda noite para ele fazer a "tarefa de matemática" comigo (na verdade era pra ter atenção), ele chegava cansado do trabalho, jantava e lá ia ele arranjar tempo de ver como tinha sido nosso dia (somos em quatro) e claro...ajudar-me na lição de matemática.

Com ele eu aprendi a respeitar o próximo, a chamar os mais velhos de senhor e senhora, de pedir por favor e principalmente dizer obrigada.Quando era criança tinha que esperar para poder falar, somente depois que os adultos me dessem permissão então eu poderia meter os bedelhos...

Com ele aprendi a não ofender ninguém pelo seu peso, pela cor da pele...com ele aprendi a crer...

Acho que a maior riqueza que meu pai nos deixou foi que na vida algumas vezes temos que ser passageiros e nem sempre podemos ser capitães...e que por mais que algo seja díficil, se você acreditar e ter fé , com certeza você irá conseguir.

Mas também com ele aprendi que não devemos dar murros em ponta de facas...e certas coisas, certas pessoas nunca aprenderão uma lição...e continuarão sempre cometendo os mesmos erros e pessoas assim ás vezes é melhor termos preucaução e muitas vezes até esquecê-las, ou evitá-las.Um diploma melhora o salário de uma pessoa....mas a pessoa não.

Mas é assim, o tempo passa, amadurecemos, e então começamos a ver coisas que antes não víamos....espero que um dia eu seja uma boa mãe, e que eu possa ensinar coisas como ele me ensinou, espero que eu tenha tempo de ver meus filhos crescerem, de ver meus netos nascerem...e espero ter tempo de realizar muitos outros sonhos...pois ele infelizmente não teve esse tempo....ele partiu muito cedo...com 50 anos....aliás ele faria 51 anos no dia 29 de abril de 1998.


A viagem

Em algum lugar dessas terras a um doce olhar só pra você.
Um olhar especial, de alguém especial de distantes origens..
Um olhar de um justo coração que pulsa só a vida,
que sorri por que ama plenamente sem julgamentos, preconceitos nem distinções..

Hoje como ontem, longe desses céus, há um encantado olhar só pra você...e nesse lugar vai pra você a magia da luz, a simplicidade do perdão,a força para comungar uma vida.
Hoje, de algum lugar dentro de você,
alguém que o amou muito e ainda o ama,
diz pra você que valeu a pena ter estado nessas terras,
sob estes céus,falando da paz, união, amor, perdão.

Poder sentir a força que faz você sorrir e continuar o caminho...
que um dia aquele doce olhar iniciou pra você.
Tudo isso só pra você saber que a vida continua....
E que a morte é apenas uma viagem...!!!!

Texto retirado da novela"A VIAGEM"(Ivani Ribeiro)

2 comments:

maria ines said...

puxa quase chorei de emocao pois e assim que sinto a saudade do meu pai.

beijos

Maria Ines
http://vivendooamor.sabrisweb.com/

olhar sobre a vida said...

Oi Jo, linda homenagem e foi no dia do meu aniversario, so que eu nao posso dizer o mesmo do meu pai, ja da minha mae, ontem ela estava mais de parabens do que eu, entao fiz uma linda homenagem a ela também aqui na festinha.
doei.